Dormir é uma função vital para o nosso corpo, mas será realmente bom para a nossa saúde e para o nosso cérebro? A resposta é um retumbante sim. Estudos mostram que o sono desempenha um papel crucial na manutenção da saúde cerebral, incluindo a consolidação da memória, a regulação do humor e a protecção contra doenças neurodegenerativas.

 

Dormir e consolidação da memória

 

O sono é essencial para a consolidação da memória. Durante o sono, o nosso cérebro ordena e armazena a informação que aprendemos durante o dia. Há provas de que as pessoas que dormem o suficiente têm melhor memória a curto e longo prazo do que aquelas que não dormem o suficiente. Quando dormimos, o nosso cérebro processa novas informações e armazena-as na nossa memória a longo prazo. Isto significa que o sono é crucial para a aprendizagem e a memória a longo prazo.

Estudos demonstraram também que o sono promove a criação de novas ligações neurais no cérebro, o que aumenta a nossa capacidade de aprender e de recordar novas informações. Além disso, o sono também ajuda a reduzir a perda de memória relacionada com a idade.

 

Regulação do sono e do humor

 

O sono também desempenha um papel crucial na regulação do estado de espírito. As pessoas que não dormem o suficiente tendem a ser mais irritáveis, ansiosas e deprimidas. Estudos demonstraram que a privação do sono pode aumentar os níveis de stress e reduzir a capacidade de lidar com eventos stressantes.

Assim, dormir o suficiente é importante para manter um humor estável e reduzir o risco de perturbações do humor, tais como ansiedade e depressão. Além disso, o sono também pode ajudar a reduzir os sintomas de ansiedade e depressão em pessoas com estas perturbações.

 

Dormir e o meu peso

 

O sono também é importante para a manutenção de um peso saudável. As pessoas que não dormem o suficiente são mais propensas a ganhar peso e a tornar-se obesas. Isto deve-se em parte ao impacto da privação do sono sobre as hormonas que regulam o apetite e o metabolismo. As pessoas que não dormem o suficiente são também mais propensas a consumir alimentos ricos em calorias e gorduras.

Dormir e o meu sistema imunitário

 

O sono é importante para a manutenção de um sistema imunitário forte. Enquanto dormimos, o nosso corpo produz proteínas que combatem infecções, inflamações e doenças. As pessoas que não dormem o suficiente são mais propensas a adoecer e a demorar mais tempo a recuperar.

Dormir e protecção contra doenças neurodegenerativas

 

O sono também desempenha um papel crucial na protecção contra doenças neurodegenerativas tais como Alzheimer e Parkinson. Estudos têm demonstrado que a privação do sono pode contribuir para o desenvolvimento destas doenças.

A falta de sono pode levar a uma acumulação de proteínas beta-amilóides no cérebro, que é um importante factor de risco para a doença de Alzheimer. Além disso, a falta de sono também pode afectar a produção de dopamina no cérebro, que é um importante neurotransmissor envolvido na doença de Parkinson.

Adormecer o suficiente pode ajudar a reduzir o risco de desenvolver estas doenças neurodegenerativas e pode mesmo ajudar a retardar a sua progressão em pessoas que já as têm.

Dicas para um sono de qualidade

 

Agora que vimos como o sono é importante para o nosso cérebro, é importante saber como melhorar a qualidade do nosso sono. Aqui estão algumas dicas para um sono de qualidade:

Estabelecer uma rotina de sono regular: tentar ir para a cama e acordar à mesma hora todos os dias, mesmo aos fins-de-semana. Isto ajudará o seu corpo a regular melhor o seu relógio interno e a descansar melhor.

  • Criar um ambiente propício ao sono Certifique-se de que o seu quarto é escuro, calmo e confortável. Evite fontes de luz e ruído que possam perturbar o seu sono, e utilize lençóis, almofadas e colchões confortáveis.
  • Evitar estimulantes Evitar cafeína, nicotina e álcool, especialmente durante a noite. Podem perturbar o seu sono e impedir que adormeça.
  • Limitar a exposição aos ecrãs: Evitar ecrãs (televisão, computador, telemóvel) pelo menos uma hora antes de dormir. A luz azul dos ecrãs pode perturbar o seu sono ao afectar a produção de melatonina, a hormona que regula o sono.
  • Exercitar-se regularmente: O exercício regular pode ajudá-lo a dormir melhor, mas evite exercícios extenuantes à noite, uma vez que isto pode elevar o seu ritmo cardíaco e evitar que adormeça.
  • Evitar refeições pesadas antes de dormir: Evitar refeições pesadas e bebidas alcoólicas antes de dormir. Isto pode perturbar a sua digestão e impedi-lo de adormecer.
  • Tente técnicas de relaxamento como a meditação, respiração profunda ou yoga para o ajudar a relaxar antes de dormir.

 

Finalmente, a quantidade de sono de que precisamos varia entre indivíduos e entre idades. Os bebés precisam de 14 a 17 horas de sono por dia, as crianças precisam de 9 a 11 horas de sono, os adolescentes precisam de 8 a 10 horas de sono, e os adultos precisam de 7 a 9 horas de sono. Embora estes tempos possam variar de pessoa para pessoa, é importante respeitar as necessidades do sono para manter uma saúde óptima.
Assim, com os nossos treinadores CARMEN e FERNANDO, vimos que a qualidade do seu sono é importante para a sua saúde mental e física. Seguindo estas dicas simples, pode melhorar a qualidade do seu sono e acordar mais descansado e pronto a enfrentar o dia.

Treina o teu cérebro com o programa de jogo FERNANDO

 

Dormir permite ao nosso cérebro consolidar a informação que adquirimos. Durante o dia é portanto importante estimular o seu cérebro para aumentar os seus conhecimentos e competências.

A aplicação Fernando oferece mais de 30 jogos divertidos e culturais para melhorar todas as suas funções cognitivas enquanto se diverte. Pode assim estimular a memória, a atenção, a linguagem e encontrar novas estratégias. Após uma boa noite de sono, toda esta nova informação será consolidada e poderá utilizá-la em actividades diárias.

jogos para seniores jogos para aprender

Outros artigos que lhe possam interessar: